Lançamento novembro Editora Intrínseca




Filme Noturno - Marisha Pessl
Com uma narrativa ágil, pontuada por recortes de jornal, páginas da internet, relatórios policiais e bilhetes manuscritos, Filme Noturno é um thriller que mantém o leitor preso até a última página. Em uma noite fria de outono, Ashley Cordova é encontrada morta em um armazém abandonado em Manhattan. Embora a polícia suspeite de suicídio, o jornalista Scott McGrath acredita que exista algo mais por trás dessa história. Seu interesse pelo caso não é gratuito: Ashley é filha do famoso e recluso diretor de filmes de terror Stanislas Cordova, um homem que não é visto em público há mais de trinta anos e que, no passado, teve um papel trágico na vida de McGrath. Impulsionado por vingança, curiosidade e necessidade de descobrir a verdade, o jornalista é atraído para o horripilante e hipnótico mundo de Stanislas. Da última vez que chegou perto do cineasta, McGrath perdeu o casamento e a carreira. Dessa vez, pode acabar perdendo muito mais. Um mistério literário que vai fazer você virar as páginas sem parar. Time Out (Nova York). Filme noturno foi construído precisamente para ser lido com rapidez, e sua energia é capaz de causar inveja em qualquer filme campeão de bilheteria. The New York Times. Prepare-se para não parar de falar sobre este livro arrebatador, um quebra-cabeça magistral Entertainment Weekly.



O capital no século XXI, de Thomas Piketty

Em O capital no século XXI, o economista francês Thomas Piketty apresenta um conjunto inédito de dados de vinte países para os últimos duzentos anos. O autor demonstra que o crescimento econômico e a difusão do conhecimento ao longo do século XX impediram que se concretizasse o cenário apocalíptico preconizado por Karl Marx, mas, ao contrário do que o otimismo dominante após a Segunda Guerra Mundial costuma sugerir, a estrutura básica do capital e da desigualdade permaneceu relativamente inalterada. Piketty constata que a taxa de rendimento do capital supera o crescimento econômico — e isso se traduz numa concentração cada vez maior da riqueza, um círculo vicioso de desigualdade que, a um nível extremo, pode levar a um descontentamento geral e até ameaçar os valores democráticos.

Não sou uma dessas, de Lena Dunham

Em seu livro de estreia, Lena Dunham, criadora, produtora e estrela da série Girls, da HBO, faz um balanço das escolhas e experiências que a conduziram à vida adulta. A autora apresenta uma coleção de sinceros relatos pessoais, que a revelam como um dos jovens talentos mais originais da atualidade. Engajada, Lena expressa sua opinião sobre sexo, amor, solidão, carreira, dietas malucas, problemas com sua autoimagem e a luta para se impor num ambiente dominado por homens com o dobro da sua idade.

Segundo – Eu me chamo Antônio, de Pedro Gabriel

Com frases irreverentes e poéticas, Antônio, o alter ego do autor Pedro Gabriel, expressa, entre um chope e outro, seus sentimentos em ilustrações feitas em guardanapos de papel. Em Segundo – Eu me chamo Antônio, ele abre para o mundo as páginas do caderno em que escreve fragmentos de textos e explora sua criatividade brincando com frases e esboços. Com ilustrações inéditas, o livro apresenta textos em prosa poética e novas técnicas, como xilogravura, nanquim e colagem.

Annie, de Thomas Meehan
Annie é uma corajosa garota de onze anos que tem um grande sonho: encontrar os pais. Deixada por eles num orfanato quando ainda era um bebê com a promessa de que um dia voltariam para buscá-la, a menina leva uma vida difícil sob o comando da malvada Srta. Hannigan, diretora do lugar. Felizmente, a sorte de Annie parece mudar quando o bilionário Oliver Warbucks, auxiliado por sua secretária, a amável Srta. Grace Farrell, decide convidar Annie para passar as festas de fim de ano em sua mansão e logo se vê cativado pelo otimismo dela. Inspirado em uma popular tirinha de um jornal norte-americano, a história da órfã foi retratada em espetáculo da Broadway e agora ganha nova adaptação para o cinema, que estreia no Brasil em fevereiro de 2015.

Max Perkins, um editor de gênios, de A. Scott Berg

O livro, vencedor do National Book Award, explora a vida de Max Perkins, um editor extraordinário. Com acesso sem precedentes à correspondência entre Perkins e seus escritores, A. Scott Berg revela, com perspicácia e humor, detalhes da vida profissional e pessoal de uma das figuras mais lendárias da história do mercado editorial americano. Além do tumultuado casamento, das excentricidades sedutoras e do romance secreto de 25 anos com Elizabeth Lemmon, a obra aborda a relação de Perkins com os maiores luminares da literatura do século XX: F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway, Thomas Wolfe, Taylor Caldwell e vários outros.

Noite de bolo e marionetes − Uma novela da trilogia Feita de fumaça e osso, de Laini Taylor ─ lançamento exclusivo em e-book

Esta novela conta como Zuzana e Mik começaram a namorar, em uma noite que é citada no romance Feita de fumaça e osso. Mesmo sendo muito pequena, Zuzana, a “fada raivosa”, não é de se deixar intimidar. Sua melhor amiga, Karou, diz que ela tem “olhos de vodu”, capazes de fazer o sangue das pessoas congelar. Mas na hora de falar com Mik, a coragem a abandona. Os dois trabalham com teatro de marionetes: ela, como artesã dos fantoches, e ele, como violinista. Há tempos ela está apaixonada pelo “garoto do violino”, mas agora é hora de tomar uma atitude. Zuzana está determinada a se fazer notar, e tem um plano — repleto de verdadeira magia. É uma caça ao tesouro, que vai levar Mik por toda Praga em uma fria noite de inverno, e o tesouro será a própria Zuzana.

Cachorros submarinos, de Seth Casteel

Nesse livro, o premiado fotógrafo de bichos de estimação e ativista em defesa dos direitos dos animais mostra um novo lado dos cães com vibrantes fotografias subaquáticas. De fora,parece simples: um cachorro dá um salto, mergulha e então volta à superfície molhado e triunfante, com uma bola na boca. Debaixo d’água, porém, o que vemos é um caótico balé de dentes e bolhas, patas se movendo, pelos e orelhas balançando. Em mais de oitenta fotos, selecionadas entre quase 300 mil, Seth Casteel apresenta imagens de cães que se tornaram uma sensação em todo o mundo.

O presente do meu grande amor: Doze histórias de Natal—Stephanie Perkins (org.)

Nas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, entre eles David Levithan, Jenny Han, Gayle Forman, Laini Taylor, Rainbow Rowell e Holly Black, há um pouco de tudo: presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite. Cada conto preserva o estilo e as características de seu autor, que surpreendem com textos para leitores de todas as idades.

A vingança dos sete – Série Os Legados de Lorien (Vol. 5), de Pittacus Lore

No volume anterior da série Os Legados de Lorien, a Garde sofreu uma perda irreparável. O Número Cinco os traiu. O Número Oito se foi parasempre. Ella foi raptada. Os outros estão agora dispersos por vários lugares. Nesse quinto livro, John faz o mais improvável dos aliados: Adam, um mogadoriano que virou as costas para seu povo. Ele tem informações valiosas sobre a tecnologia, as estratégias de batalha e as vulnerabilidades dos mogs. Mais importante, ele sabe onde abatê-los: na base de comando, perto de Washington, DC. Durante a ação, no entanto, John e Adam compreendem que talvez seja tarde demais. Os mogadorianos deram início a seu plano de invasão definitivo. Nas mãos do inimigo, Ella está prestes a assistir à invasão de um lugar privilegiado. Por algum motivo, ela é mais valiosa viva. Enquanto isso, Seis, Nove e Marina seguem no encalço de Cinco. Com o desenvolvimento de um novo Legado, Marina finalmente tem o poder de reagir — se sua sede de vingança nãoconsumi-la primeiro. A Garde está abalada, mas não será derrotada. A batalha pela sobrevivência da Terra não está perdida.

0 comentários:

Postar um comentário

Resenhas

Blogger Template Mais Template - Author: Papo De Garota